28 a 30 de agosto de 2017

Niterói / Rio de Janeiro
Faculdade de Economia
Universidade Federal Fluminense


Programação

 

Dia 28/08/2017, Segunda-feira

 

09h – 13h

Recepção e Inscrição de Participantes

(Hall de entrada da Faculdade de Economia – Bloco F)

 

10h – 11h45

Apresentação de trabalhos I

 Sessão 1: Agricultura e Fiscalidade no Brasil Colonial

O império da fiscalidade: Notas sobre a produção colonial

André Filippe de Mello e Paiva (USP)

Experiências Agrícolas na Bahia do Século XVIII

Idelma Aparecida Ferreira Novais (USP)

Micro-produção na Bahia colonial - 1760-1808

Maria José Rapassi Mascarenhas (UFBA)

 

 Sessão 2: Regiões Escravistas em Minas Gerais

Inventariando cativos: traços e transformações da escravidão em Araxá (MG), 1816-1888

Déborah Oliveira Martins dos Reis (UnB)

Formação e estrutura populacional de São Paulo do Muriaé 1819-1872

Beatriz Simão Gontijo Silva (UNIVERSO)

Reconfigurações de riqueza no Distrito da Lage: Elites escravistas, 1862-1875

Amanda Cardoso Reis (UFSJ)

O Tenente Coronel Geraldo Pinto de Rezende: família e riqueza no Distrito da Lage (1869 - 1907)

João Carlos Resende (UFSJ)

 

Sessão 3: Fiscalidade no Brasil Império

As Juntas de Fazenda durante o processo de provincialização no Brasil

Cláudia Chaves (UFOP)

As Mesas das Diversas Rendas e a reorganização dos impostos internos na primeira metade do Oitocentos (1823-1836)

Eduardo Silva Ramos (USP)

A evolução da carga tributária na Província de São Paulo, 1835-1889

Camila Scacchetti e Luciana Suarez Lopes (USP)

Comércio de produtos de primeira necessidade na Recife imperial: aspectos da arrecadação tributária municipal (1860-1870)

Artur Gilberto Garcéa de Lacerda Rocha (ESUDA)

 

Sessão 4: Questões do Brasil recente

O sistema de Seguridade Social Brasileiro: um debate sobre a atual reforma

Elena Soihet e Vladimir Correa Rodrigues (UFRRJ)

Cobrança de mensalidade nas universidades federais: para que e para quem?

Wolfgang Lenk e Fernando Batista Pereira (UFU-UNIFAL)

“Nova Burguesia Nacional” nos Governos Lula e Dilma? Uma crítica às teses de Armando Boito Júnior (2003-2013)

Raphael Rodrigues de Oliveira (UFES)

 

Sessão 5: Estudos e casos do desenvolvimentismo brasileiro

Governo Dutra: cenário externo, debate interno e política econômica (1946-1951)

Luhan Martins Reigoto (UFF)

Desenvolvimentismo brasileiro: Uma análise Cliométrica acerca do Governo de Juscelino Kubistchek (1955-1961)

Indiane Azevedo Queiroz, Dallas Kelson Francisco de Souza e Anna Carolina Martins (UFU-UFSCar-UFOP)

A Icomi e a exploração mineral no Território Federal do Amapá

Delaíde Silva Passos (UNICAMP)

Estado, transportes e desenvolvimento regional: A “era rodoviária” em Minas Gerais, 1940-1980

Miguel Victor Tavares Lopes e Marcelo Magalhães Godoy (UFMG)

 

Sessão 6: Finanças e Pensamento Econômico

Capital Financeiro enquanto forma do capital: uma hipótese preliminar de leitura do conceito na obra de Hilferding

Bruno Humberto Alves da Silva (UNICAMP)

Sobre o “capital financeiro” e algumas intepretações

Márcio Lupatini (UFJVM)

Keynes’ Model as an Econometric Tool: Analysis of Macroeconomic Trends in the US from 1950s to 1980s

Manuel A. R. da Fonseca (UFRJ)

 

Sessão 7: Metodologia e Pensamento Econômico

A Leitura institucionalista da Escola Clássica a partir de uma contraposição entre os paradigmas Newtoniano e Darwinista

Fernando Cavalheiro Krauzer (UFSM)

A natureza da crítica em economia: o caso da economia institucional

Carolina Miranda Cavalcante (UFRJ)

Schumpeter, os Neoschumpeterianos e as Instituições: o conceito e o papel numa economia dinâmica e globalizada

Ednilson Silva Felipe (UFES)

A atual crise da teoria econômica: repensando o papel da HPE

Francisco Monticeli Valias Neto e Luz Marina Lopes de Almeida (UNICAMP-UFPA)

 

10h – 13h

Reunião do Conselho de representantes da ABPHE

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

 

13h – 14h30

Almoço

 

14h30 – 16h30

Mesa Redonda I

Política Econômica do Brasil nos últimos 15 anos

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

 Prof. Dr. Clélio Campolina Diniz (UFMG)

Prof. Dr. Marcelo Carcanholo (UFF)

Mediador: Luiz Carlos Soares (UFF)

 

16h30 – 17h

Café

 

 17h – 18h45

Apresentação de trabalhos II

 Sessão 8: Colonização e Propriedades no Brasil Colonial

Padres-senhores, enfiteutas, foreiros e partidistas: práticas proprietárias e conflitos sobre direitos de propriedade na América portuguesa (séculos XVI, XVII e XVIII)

Manoela Pedroza (UFRJ)

Conquista, ocupação e conflito na área Central da Zona da Mata Mineira na segunda metade do século XVIII

Fernando Gauderetto Lamas (UFJF)

“O último meio de se poderem aumentar os gêneros e o comércio nestas conquistas”: lavradores, vice-reis e o fomento econômico no Rio de Janeiro colonial

Victor Luiz Alvares Oliveira (UFRJ)

Aventureiros pelo ultramar: A trajetória dos irmãos Antônio Pinto de Miranda e Baltazar Pinto de Miranda (Segunda metade do século XVIII)

Alexandra Maria Pereira (USP)

 

Sessão 9: Escravidão e Economia no Império

Economia de escravos, libertos e quilombolas na Bahia, século XIX

Alex Andrade Costa (UFBA)

Economia e escravidão urbana na Zona da Mata de Minas Gerais: Juiz de Fora, segunda metade do século XIX

Caio da Silva Batista (UFJF)

Nas tramas da escravidão: fazendeiros e comerciantes mineiros na passagem para o capitalismo (Comarca do Rio das Mortes, Província de Minas Gerais, c. 1850 – c. 1880)

Paula Chaves Teixeira Pinto (UFSJ)

Comércio de Escravos em Olinda: um olhar sobre o Livro de Classificação de Escravos (1870-1886)

Rafael Aubert de Araujo Barros e Luiz Eduardo Simões de Souza (USP-UFMA)

 

Sessão 10: Desenvolvimento das comunicações no Brasil

Do Penny Black ao Olho de Boi: As finanças dos Correios brasileiros no contexto da reforma postal de 1842

Pérola Maria Goldfeder e Castro (USP)

Telefonia na formação do sistema de comunicações em Santa Catarina

Alcides Goularti Filho (UNESC)

O Estado fala mais alto: o telefone em Belo Horizonte, 1894-1912

James William Goodwin Jr (CEFET-MG)

 

Sessão 11: Industrialização brasileira e sua construção histórica

Herança colonial e formação industrial em São Paulo durante a República Velha

João Maurício Buckingham Noronha Falleiros Leal e Fabio Antônio de Campos (UNICAMP)

A Transição histórica das oligarquias da castanha na região de Marabá: redes sociais, hegemonia e transformações no bloco de poder das elites locais entre os anos de 1920 e 1980

Rogger Mathaus Magalhães Barreiros, Danilo Araújo Fernandes, Renata Almeida de Andrade e Graciele Sbizero Amaral (UFPA-UFMT)

A industrialização brasileira diante das transformações no capitalismo global entre as décadas de 1930 a 1960

Thamiris Magalhães (UNICAMP)

Ideologia, autores e obras históricas do Paraná

Leonardo Antonio Santin Gardenal (USP)

 

Sessão 12: Mercado de trabalho no Brasil em meados do século XX

Fábrica de tecidos do Biribiri e o papel da Igreja Católica na formação de corpos dóceis e úteis (1926-1931)

Kátia Fanciele Corrêa Borges (UFJF)

Mulher e mercado de trabalho no Brasil nos marcos regulatórios Varguistas, 1932-1943

Teresa Cristina de Novaes Marques (UnB)

Política de mão de obra em São Paulo e as políticas federais de deslocamento populacional do Primeiro Governo Vargas: processo gradual de adequação

Cláudia Alessandra Tessari e Julio César Zorzenon Costa (UNIFESP)

Déficit e nível de emprego ferroviário na segunda metade do século XX

Ivanil Nunes (UNIFESP)

 

Sessão 13: Intelectuais, empresários e o pensamento econômico brasileiro

Ensino de Economia Política, protecionismo e industrialismo: influências e ideias econômicas de Vieira Souto

Daniel do Val Cosentino (UFOP)

As ideias jurídico-econômicas de Clóvis Bevilaqua

Pedro Hoeper Dacanal e Alexandre Macchione Saes (USP)

O pensamento econômico-social de Valentim Fernandes Bouças: organização político-empresarial, 1930-1940

Maurício Gonçalves Margalho (SMERJ)

Roberto Simonsen: um intelectual orgânico dos industriais paulistas

Guilherme Barreto (UFF)

 

Sessão 14: Estudos e casos da questão agrária no Brasil

A questão agrária brasileira na obra dos grandes pensadores do século XX e a fronteira agrícola do Centro-oeste: as possibilidades de debate e interlocução

Herick Vazquez Soares (USP)

Política fundiária no Brasil e em São Paulo: do Império à República Velha, apontamentos iniciais

André Luiz Lanza (USP)

Concentração de terras e êxodo rural: o município de Varginha-MG por meio de seus registros de imóveis (1882-1920)

Natânia Silva Ferreira (UNICAMP)

 

18h45

Cerimônia de Abertura

 

19h

Conferência I

Instituições de pequeno crédito nos séculos XIX/XX nos dois lados do Atlântico

 Prof. Dr. Angel Pascual Martinez Soto (Universidad de Múrcia / Espanha)

Mediador: Luiz Fernando Saraiva (UFF)

  

Dia 29/08/2017, Terça-feira

 

09h – 10h45

Apresentação de trabalhos III

 Sessão 15: Demografia escrava nos séculos XVIII e XIX

Economia, antropologia e História da escravidão colonial: Uma análise da moral do dom nas alforrias cartoriais (1750-1800)

Philippe Moreira (UFRJ)

Notas sobre a demografia e a economia de Pernambuco nos idos de 1817

André Luiz de Miranda Martins (UFPE)

Códigos negros e políticas pronatalistas em Cuba colonial

Roberto Borges Martins (UFMG)

Batismo de escravos em São Paulo do Muriahé entre meados à final do século XIX: algumas variáveis

Vitória Schettini de Andrade (UNIVERSO)

 

Sessão 16: Origens e desenvolvimento da navegação a Vapor

A revolução dos vapores na navegação marítima

Thiago Vinicius Mantuano da Fonseca (UFF)

Os primórdios da navegação a vapor no Brasil: cabotagem e privilégios

Bruna Dourado (UFF)

A introdução da navegação a vapor na Amazônia no século XIX: o processo de formação da Companhia de Navegação e Comércio do Amazonas

Roberta Kelly Lima de Brito (UFAM)

 

Sessão 17: Interpretações sobre desenvolvimento da América do Sul

Inserção Periférica da América do Sul no Séc. XIX: os processos de formação dos Estados

Alexandre Jerônimo de Freitas, Eduardo Crespo e Javier Ghibaudi (UFF-UFRRJ-UFRJ)

Interpretações do desenvolvimento brasileiro: uma análise para o período de 1808 a 1945

Antônio Paulo da Silva Mesquita Junior e Elaine Maria Fiuza Ribeiro (UFU)

Fragilidades do padrão de desenvolvimento histórico brasileiro: emergência e inflexão da transição capitalista

Thiago Cavalcante de Souza e Niemeyer Almeida Filho (UFU)

Intérpretes sobre a formação econômica do Brasil: a longa duração

Almir Pita Freitas Filho, Wilson Vieira e Marcelo Creton de Almeida (UFRJ)

 

Sessão 18: Dívida Externa Brasileira

A pecaminosa construção da Dívida Externa Brasileira

Marcelo Luiz Delízio Araújo (USP)

Crise do sistema capitalista e dívida externa no Brasil

Júlio Cézar Oliveira de Souza (UERJ)

Alguns apontamentos sobre a crise da dívida e a política econômica de continuidade do governo Sarney (1985-1990)

André Tomio Lopes Amano (USP)

 

Sessão 19: Empresas e instituições do setor agrícola e extrativista

O mercado argentino da erva mate brasileira: um dos grandes problemas que levaram à criação do Instituto Nacional do Mate no Brasil

José Antonio Fernandes (USP)

Origem, evolução tecnológica e concentração na indústria sul-rio-grandense de processamento de soja

Pedro Marcelo Staevie (UNILA)

A dinâmica de crescimento da Adama Agricultural Solutions

Victor Pelaez e Augusto Tsubouchi (UFPR)

Breve Historia de la empresa FUNSA em el Uruguay, 1936/1974

Sebástian Sabini (Universidad de la Republica)

 

Sessão 20: Estado, Política e Pensamento Econômico

Governo Representativo e democracia econômica em discursos parlamentares de John Stuart Mill (1866)

Eduardo Teixeira Gomes (UFES)

Correlating Marx and the early Marginalists: a speculative realist reading

Emmanoel de Oliveira Boff (UFF)

Notas Críticas à compreensão de Lênin sobre o Estado: revisitando o Estado e a Revolução

Paulo Henrique Furtado de Araujo (UFF)

 

Sessão 21: Economia Mundial na segunda metade do século XX

A trajetória do socialismo na Bulgária (1945-1990)

Luiz Henrique Marques Gomes (UFF)

Coreia do Sul e Taiwan: uma história comparada do pós-guerra

Alexandre Black de Albuquerque (UFPE)

A reunificação das Alemanhas e o final da Guerra Fria (1989-1991)

Tallyta Rosane Bezerra de Gusmão e Maria de Fátima Silva do Carmo Previdelli (UFMA)

 

Sessão 22: Questões de Economia Internacional Contemporânea

Oferta, demanda e tendência do preço internacional do petróleo: uma interpretação à luz da abordagem clássica do excedente

Simone Fioritti Silva (UFRRJ)

História e formação do mercado das drogas

Taciana Santos de Souza e Cássio da Silva Calvete (UNICAMP-UFRGS)

Mobilidade da Força de Trabalho dentro da Zona do Euro

Thaynara Regina Cordeiro de Oliveira e Maria de Fátima Silva do Carmo Previdelli (UFMA)

 

10h45 – 13h

Mesa Redonda II

 O Tempo Saquarema e o Capitalismo Tardio

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

 Prof. Dr. Ricardo Salles (UNIRIO)

Profa Dra. Wilma Peres Costa (UNIFESP)

Prof. Dr. Wlamir Silva (UFSJ)

Mediadora: Rita Almico (UFF)

 

13h – 14h30

Almoço

 

14h30 – 16h30

Apresentação de trabalhos IV

 Sessão 23: Tráfico, Legislação e Diplomacia

A economia amazônica na longa duração (c.1680 – 1807)

Diego de Cambraia Martins (USP)

A obsessão com o tráfico, a legislação escravista e os códigos negreiros portugueses

Roberto Borges Martins (UFMG)

Os conflitos entre a diplomacia e os comerciantes britânicos sobre o tráfico negreiro brasileiro (1826-1850)

João Daniel Antunes Cardoso do Lago Carvalho (UFF)

 

Sessão 24: Segunda escravidão e a modernização do Império

A “segunda escravidão” na Princesa do Vale (Vassouras, RJ) e na Princesa do Oeste (Campinas, SP), 1797-1888

Maria Alice Rosa Ribeiro e Maísa Faleiros da Cunha (UNICAMP-UNESP)

Raízes escravas da modernização capitalista no Brasil

Luiz Fernando Saraiva e Rita Almico (UFF)

O impacto das Exposições Universais do século XIX para as relações econômicas brasileiras e o avanço tecnológico: uma análise sobre a participação das províncias

Monica Martins (UFRRJ)

Indústria paraense: uma análise da trajetória da Fábrica Perseverança, Perfumaria Phebo e Fábrica Palmeira

Marcílio Alves Chiacchio e Jayne Isabel da Cunha Guimarães Chiacchio (UERR)

 

Sessão 25: Negócios no Império e na República

Negócios à Germania: homens de ofício, comerciantes e diplomatas na imigração alemã da cidade do Rio de Janeiro entre 1808 e 1831

Pedro Lucas de A. Araujo (UNIRIO)

A Casa comercial Almeida & Cia. (1870-1930): promovendo o (sub)desenvolvimento em Mato Grosso

Virgínia Maria Castro de Almeida e Armando Wilson Tafner Junior (UFMT-UEM)

O livre comércio entre Mato Grosso e o Paraguai (1872-1898)

Paulo Roberto Cimó Queiroz (UFGD)

A atuação estrangeira na atividade importadora no Brasil: uma análise dos anúncios publicitários no jornal The Brazilian Review. A Weekly Record of Trade and Finance (1898-1914)

Claudia Alessandra Tessari e André Bertunes (UNIFESP)

 

Sessão 26: Da década perdida ao Brasil Recente

Planejamento governamental no Brasil: interseções com a política desenvolvimentista

Janikelle Bessa Oliveira e Marcos Gabriel Guedes Silva (UNIMONTES)

A construção do terminal pesqueiro de Laguna na longa espera do desenvolvimento local

Luiz Claudio de Freitas (UNESC)

Crise econômica, mercado de trabalho e mudança institucional no Brasil nos anos 1980

Juliano Vargas e Ednilson Silva Felipe (UnB-UFES)

Brasil e o legado da década de 1980: crise e orientação da política econômica

Alessandra Kely da Silva (UNICAMP)

 

Sessão 27: Crescimento econômico na Primeira metade do século XX

Espaço de experiência e horizontes de expectativas: as ferrovias e o pensamento desenvolvimentista do político Affonso Pena (1891-1906)

Bárbara Braga Penido (CEFET-MG)

O café no Brasil: Produção e Mercado Mundial na primeira metade do século XX

Pedro Geraldo Saadi Tosi e Rogério Naques Faleiros (UNESP-UFES)

Ferrovia e Estado: a atuação do holding Brazil Railway Company (1904-1920)

Lucas Mariani Corrêa (UNESP)

Crise cafeeira e greve ferroviária em São Paulo no início do século XX

Guilherme Grandi (USP)

 

Sessão 28: Pensamento Econômico Brasileiro pós-1930

Celso Furtado, Caio Prado Júnior e a História do Pensamento Econômico na década de 1950

Roberto Pereira Silva e Janaína Fernanda Battahin (UNICAMP)

As diferentes perspectivas de Furtado e Delfim Netto para o desenvolvimento econômico brasileiro

Gian Carlo Maciel Guimarães Hespanhol (USP)

A dimensão cultural do desenvolvimento: Uma incursão teórica em Celso Furtado e Amartya Sen

Cíntia Raquel Soares Pinheiro, Natália Pereira Pinheiro e Luiz Eduardo Simões de Souza (UFMA)

 

Sessão 29: A CEPAL e o desenvolvimento econômico Latino Americano

A CEPAL como escola de pensamento autônomo: considerações preliminares sobre a tese centro-periferia

Natalia Pereira Pinheiro  e Luiz Eduardo Simões Souza (UFMA)

Vertentes formadoras do pensamento cepalino para além de Keynes: contribuição e influência do pensamento de List para a CEPAL

David José Pereira Deccache Alves e Luise Gonçalves Villares (UFF-UFRRJ)

Pluralismo das abordagens em economia e as múltiplas influências teóricas incorporadas pela CEPAL

Maísa Goulart e Ramón García-Fernández (UFABC)

O papel da industrialização no pensamento de Raúl Prebisch

Vinícius Figueiredo Silva (UNICAMP)

 

Sessão 30: História de Empresas e indústrias

Surgimento e desenvolvimento da Business History: da História de Empresas à História de Negócios

Caroline Gonçalves e Alexandre Macchione Saes (USP)

Uma Avaliação da Influência da Teoria do Crescimento da Firma de Edith Penrose no Desenvolvimento da Visão Baseada em Recursos

Bruna Cataldo de Andrade (UFF)

Formation and growth of the São Paulo auto-industry cluster

Tomàs Fernández-de-Sevilla e Armando João Dalla Costa (ULF-UFPR)

A História da Metal Leve S.A.: do nascimento à desnacionalização

Jaques Kerstenetzky (UFRJ)

 

14h30 – 16h30

Apresentação de Pôsteres (Iniciação Científica)

A terceirização do trabalho no setor público: análise de um grupo de trabalhadores de uma cidade de Minas Gerais 

Diana Chaukat Chaib – orientadora: Vanessa Tavares de Jesus Dias (UNIFAL)

Rumos do pensamento desenvolvimentista de Raúl Prebisch e Celso Furtado: o debate teórico da crise dos anos 1960   

Fagner João Maia Medeiros – orientador: Daniel do Val Cosentino (UFOP)

A concorrência entre o Banco Comercial do Rio de Janeiro e do Banco do Brasil de Mauá (1851-1853)

Francyne Finoti Andrade – orientador: Thiago Gambi (UNIFAL)

Serviços postais em Santa Catarina, um projeto de integração nacional no primeiro governo Vargas     

Gabriel Crozetta Mazon – orientador: Alcides Goularti Filho (UNESC)

Geoprocessamento do agroextrativismo na Amazônia colonial a partir do Roteiro de Viagem da Cidade do Pará até o Sertão da Província

João Pedro Galvão Ramalho – orientador:  Tiago Gil (UNB)

Gênese do mercado de capitais na economia paulista: um estudo sobre a Bolsa Livre de São Paulo, 1890-1891

Joás Augusto Julião – orientador: Alexandre Machione Saes (USP)

O Antigo Sistema Colonial, segundo Fernando A. Novais

Liana dos Santos Gonçalves de Souza – orientador: Luís Eduardo Simões de Souza (UFMA)

 

16h30 – 17h

Café

 

17h – 18h45

Mesa Redonda III

150 Anos de 'O Capital'

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

Prof. Dr. João Antônio de Paula (UFMG)

Profa. Dra. Raquel Varela (Universidade Nova de Lisboa)

Prof. Dr. André Augusto Guimarães (UFF)

Mediador: Bernardo Kocher (UFF)

 

 18h45

Mesa Redonda IV

25 anos de ABPHE

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

Ex-Presidentes e lançamento dos livros da ABPHE

Prof. Dr. Luiz Carlos Soares (UFF)

Prof. Dr. João Antônio de Paula (UFMG)

Prof. Dr. Carlos Gabriel Guimarães (UFF)

Prof. Dr. Pedro Paulo Zaluth Bastos (UNICAMP)

Prof. Dr. Armando Dalla Costa (UFPR)

Prof. Dr. Ângelo Alves Carrara (UFJF)

Prof. Dr. Alexandre Macchione Saes (USP)

Mediador: Carlos Gabriel Guimarães (UFF)

 

19h45 – 20h30

Lançamento de Livros

 

20h30

Assembleia Geral dos Sócios da ABPHE

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

 

Dia 30/08/2017, Quarta-feira

 

09h – 10h45

Apresentação de Trabalhos V

 Sessão 31: Pensamento Econômico no Brasil Colonial

Moeda, crédito e reforma do Estado imperial português: os escritos de D. Rodrigo de Souza Coutinho, 1783-1800

Bruno Aidar (UNIFAL)

Influências clássicas no pensamento do Visconde de Cairu

Marcela Stinguel (UFES)

As ideias econômicas de Azeredo Coutinho e de José da Silva Lisboa para harmonizar o comércio entre Portugal e suas colônias

Tobias Souza e Eliana Terci (USP)

Formação do Brasil: um estudo sobre o aventureiro e o semeador sob a luz das análises de Sergio Buarque de Holanda

Vitor Pompermayer (UFES)

 

Sessão 32: O tráfico ilegal de escravos e a construção do Império

A rede social do tráfico ilícito: grandes traficantes, comerciantes, fazendeiros e a raia miúda

Jorge Prata de Souza (UNIVERSO)

Alcoforado como guia: os negócios negreiros no litoral do Vale do café (c.1831-c.1853)

Thiago Campos Pessoa (UFF)

Da proibição ao contrabando: a lei de 1831 e a atuação de Manoel Pinto da Fonseca (1831 – 1851)

João Marcos Mesquita (UNIRIO)

Nestas costas tão largas: o tráfico transatlântico de escravizados e a dinamização de economias regionais no Brasil (c.1831-c.1850)

Silvana Andrade dos Santos (UFF)

 

Sessão 33: Modernizações no Brasil do século XIX

As ideias de Mauá sobre o progresso econômico, a moeda e o crédito, e o câmbio (1860-1878)

Thiago Fontelas Rosado Gambi e Daniel do Val Cosentino (UNIFAL-UFOP)

A Tarifa das Alfândegas de 1869 e sua inclinação para o Protecionismo

Jussara França de Azevedo (USP)

Hipotecas, mudanças institucionais e o Banco do Brasil na segunda metade do século XIX

Renato Leite Marcondes (USP)

A invenção como parte do processo de industrialização: patentes inglesas no Brasil (1882-1910)

Amanda Goncalves Marinho (USP)

 

Sessão 34: Urbanização e Desenvolvimento Econômico no Brasil Império

Memórias da indústria paraense

Leila Mourão Miranda (UFP)

Cafeicultura, urbanização e capitalismo: o campo e a cidade no século XIX, Juiz de Fora/MG

Felipe Marinho Duarte (UFJF)

Metamorfose(s) do espaço urbano: Pouso Alegre na transição para o século XX

Fernando Henrique do Vale (USP)

 

Sessão 35: Economia em marcha forçada

A macroeconomia do governo Costa e Silva (1967-1969)

Victor Leonardo de Araujo (UFF)

O papel dos bancos de investimento na economia brasileira entre 1966 e 1979

Rafael Antônio Anício Pereira (USP)

Notas sobre o planejamento econômico no Brasil no período referente ao Plano de Metas e II PND

Acson Gusmão Franca (UNICAMP)

A trajetória da Mendes Júnior: um caso emblemático de uma das empreiteiras da ditadura

Pedro Henrique Pedreira Campos (UFRRJ)

 

Sessão 36: Questões e debates no Pensamento Econômico

A teoria dos quatro estágios em Adam Smith

Julia Fleider Marchevsky (USP)

Algumas considerações sobre a contribuição de Malthus ao Pensamento Econômico

Luiz Eduardo Simões de Souza e Maria de Fátima Silva do Carmo Previdelli (UFMA)

As vantagens do comércio internacional de acordo com David Hume e Friedrich List

Flávio dos Santos Oliveira (UFES)

O papel da guerra na teoria do capitalismo de Max Weber

Pedro Rocha Fleury Curado (UFRJ)

 

Sessão 37: Multinacionais e Desnacionalização

Privatizações no Brasil: a desnacionalização e a financeirização (de Collor ao primeiro governo FHC)

Carlos Henrique Lopes Rodrigues e Vanessa Follmann Jurgenfeld (UFVJM)

Mundialização do capital e desnacionalização econômica no Brasil recente (1995/2002)

Eduardo Pimentel Sant Anna (UFRRJ)

A influência de fatores macroeconômicos na internacionalização produtiva das empresas brasileiras no período 1995 a 2010

Brisa Oliveira Moura e Pedro Lopes Marinho (UESC)

Multinacionais brasileiras: possibilidades e desafios

Armando João Dalla Costa (UFPR)

 

Sessão 38: Soberania e Política Econômica na América Latina

Liberalismo na Argentina: O impacto das reformas do setor financeiro realizadas durante a ditadura de 1976

Carlos Gilberto de Sousa Martins (USP)

A democracia num Barril: o colapso das reformas econômicas neoliberais e a implosão do socialismo do século XXI na Venezuela

Enrique Carlos Natalino e Alexandre Queiroz Guimarães (UFMG)

Índice de Fragilidade Financeira do Setor Público revisitado: uma análise para o governo federal brasileiro no período 2000-2016

Fábio Henrique Bittes Terra e Fernando Ferrari Filho (UFABC-UFRGS)

 

10h45 – 13h

Mesa Redonda V

Moeda, crédito e atividade econômica: as conjunturas do século XVIII no Brasil

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

Prof. Dr. Fernando Carlos G. de Cerqueira Lima (UFRJ)

Prof. Dr. Fábio Pesavento (ESPM)

Prof. Dr. Maximiliano Menz (UNIFESP)

Mediador: Angelo Alves Carrara (UFJF)

 

13h – 14h30

Almoço

  

14h30 – 16h30

Conferência II

100 anos de Revolução Russa

(Auditório da Faculdade de Economia – Bloco F)

Prof. Dr. Kevin Murphy (University of Massachussets - Boston)

Mediador: João Leonardo Gomes Medeiros (UFF)

 

16h30 – 17h

Café

 

17h – 18h45

Apresentação de Trabalhos VI

 Sessão 39: Revolução Industrial e dimensões do Capitalismo

A Casa di San Giorgio: notas sobre as instituições e finanças da fase genovesa do ciclo sistêmico mercantil, a partir do Statuto de 1568

Luiz Eduardo Simões de Souza e Beatriz Lima Machado (UFMA)

As origens culturais e políticas da Revolução Industrial

Ademar Ribeiro Romeiro (UNICAMP)

O Direito à Subsistência em Xeque: A Formação do Pensamento Liberal Britânico e sua Relação com a Lei dos Pobres

Daniel Schneider Bastos (UFF)

Capitalismo e vida social moderna: tempo, trabalho e tempo de trabalho

Eduardo Martins Ráo (UNICAMP)

 

Sessão 40: Rio de Janeiro e a construção da Província

Sobre a configuração territorial da província do Rio de Janeiro: cidade e região como método de análise

Valter Luiz de Macedo (UERJ)

De Grande Iguaçu à Baixada Fluminense: Formação econômica e urbana de uma região

Lucia Silva (UFRRJ)

A organização do espaço produtivo fluminense: a relação entre a ocupação da província do Rio de Janeiro com as vias de comunicação (1836 – 1855)

Gabriel de Azevedo Maraschin (UNIRIO)

Conexões comerciais entre Rio de Janeiro e Campos dos Goytacazes: um estudo sobre a circulação e consumo do açúcar fluminense no século XIX

Marcos Monteiro Marinho (SEEDUC-RJ)

 

Sessão 41: Finanças e crédito na América Meridional

A Diplomacia do Patacão e os conflitos platinos: estudos preliminares e apontamentos teóricos

Talita Alves de Messias (UNISINOS)

Poder e Dinheiro: O Papel do Crédito Público na Formação da Argentina Moderna

Alexandre Jerônimo de Freitas (UFRRJ)

Crédito hipotecário no sudoeste mineiro (1890-1914)

Lélio Luiz de Oliveira e Renato Leite Marcondes (USP)

A trajetória do BCHASP/Banespa: do banco do café ao banco de Estado (1909-1939)

Fábio Rogério Cassimiro Correa (USP)

 

Sessão 42: Visões Comparativas sobre a América Latina recente

O MERCOSUL no contexto das Teorias de Integração e Comércio Internacional

Rodolfo Francisco Soares Nunes e Maria de Fátima Silva do Carmo Previdelli (UFMA)

Crise do Estado e reformas neoliberais na América Latina: as privatizações na Argentina e no Brasil

Rafael Vaz da Motta Brandão (UERJ)

O impacto dos mercados emergentes na competitividade das exportações argentinas e brasileiras

Virginia Laura Fernández e Marcelo Luiz Curado (UFPR)

Estratégias de desenvolvimento em questão: um plano de investigação sobre Brasil e México (2000- 2013)

Ricardo Neves Streich (USP)

 

Sessão 43: Padrões de Desenvolvimento Internacional nos séculos XIX e XX

A expansão das fronteiras econômicas dos Estados Unidos: o “anticolonialismo imperial” e a disputa pelo mercado chinês na interpretação historiográfica revisionista

Flávio Alves Combat (UFRJ)

Estratégias para o desenvolvimento econômico do Canadá: os primeiros anos após a confederação e a national policy (1867-1931)

Carlos Vinicius Ludwig Viegas Soares e Marcelo Milan (UFRGS)

Política de Substituição de Importações: as primeiras inciativas da África do Sul (1910-1948)

Danielle de Almeida Mota Soares e Mário Augusto Bertella (UNESP)

German economic strategies for Brazil: autarky and “extended economic space” in the 1930s

Danilo Barolo Martins de Lima, Luiz Felipe Bruzzi Curi e Vinícius Bivar Marra Pereira (USP-Freie Universität Berlin)

 

Sessão 44: Interpretações sobre o Brasil

As origens do desenvolvimentismo brasileiro e suas controvérsias: notas sobre o debate historiográfico

Ivan Colangelo Salomão (UFRGS)

Padrão histórico do desenvolvimento brasileiro: limites e determinantes estruturais de uma nação dependente

Érica Priscilla Carvalho de Lima, Elaine Carvalho de Lima e Niemeyer Almeida Filho (UFU)

Sobre o marxismo e a interpretação do Brasil de Octavio Brandão

Filipe Leite Pinheiro (UFF)

A trajetória de Heitor Ferreira Lima: o intérprete renegado e sua contribuição para a história econômica

Janaína Fernanda Battahin (UNICAMP)

 

Sessão 45: Indústrias e consumo no Brasil

Desenvolvimento e Cultura: Breves considerações sobre a formação histórico-econômica da indústria cinematográfica

Thiago Cavalcante de Souza (UFU)

Particularidades Econômicas do Crack: o mercado do crack

Taciana Santos de Souza e Cássio da Silva Calvete (UNICAMP-UFRGS)

Um breve histórico da aviação comercial brasileira

Josué Catharino Ferreira (UFABC)


Organização e Apoios:

Associação Brasileira de Pesquisadores em Historia Econômica