XVI Congreso de Historia Agraria-SEHA # VII Encontro Rural RePort (Santiago de Compostela, 20-23 de Junio de 2018)

26/05/2017


Warning: Missing argument 2 for troca_codigos(), called in /home/cladh309/public_html/evento.php on line 15 and defined in /home/cladh309/public_html/lz-admin/funcoes_congresso.php on line 804

A História Rural tem vindo a ultrapassar quer o seu foco analítico predominantemente nacional e local, quer uma perspectiva interpretativa demasiado centrada na Europa e no Ocidente. Procurando responder aos desafios globais da investigação em História Rural, e na sequência de um primeiro congresso (Lisboa, 2016), a SEHA e a Rural RePort decidem organizar conjuntamente um novo congresso internacional, que terá lugar em Santiago de Compostela (Galiza), de 20 a 23 de junho de 2018.

 

Para este II Congresso definimos como temática central as Transições na agricultura e na sociedade rural, com o que se pretende dar continuidade ao propósito de criar uma história rural transnacional e transcontinental, e contribuir para o desafio de abrir um espaço global de debate sobre a história rural. Trata-se de estabelecer um espaço aberto onde, superando fronteiras disciplinares, cronológicas e espaciais, se possam apresentar os novos desafios e as novas respostas que a História Rural tem vindo a definir recentemente.

 

As transições são contextos históricos de mudança, mas também de continuidades e resiliências, não raramente pontuados de conflitos sociais e formas de resistência. As transições demográficas, socio-ecológicas, nutricionais, culturais, sociais, políticas, coloniais e pós-coloniais, assim como as alterações dos paradigmas científicos e tecnológicos, são exemplos desses processos históricos de mudança.

 

Ao longo dos últimos 500 anos, as relações entre continentes, civilizações e culturas produziram múltiplos efeitos sobre a agricultura, a propriedade, as sociedades rurais e o meio ambiente. Produtos, factores de produção, técnicas, saberes, instituições, culturas ou normas jurídicas têm atravessado fronteiras, e essa circulação a uma escala global tem provocado transformações na paisagem, mudanças no uso dos solos, nos direitos de propriedade, nos padrões de consumo, nos hábitos alimentares e nos mercados.

 

No plano teórico e metodológico, a superação de fronteiras requer um diálogo mais intenso, não só entre historiadores de vários continentes e várias especialidades (económica, política, social, jurídica), como também entre as disciplinas que se ocupam dos mesmos problemas a partir de metodologias e perspectivas distintas, como é o caso, por exemplo, da arqueologia, dos estudos culturais, da história da ciência, dos estudos pós-coloniais ou da demografia. Todas fazem parte deste alargado campo de trabalho que tem a agricultura e a sociedade rural como objecto de estudo. Esta preocupação de abrir e globalizar os estudos de história rural, no duplo sentido histórico e historiográfico, constitui a linha de orientação dominante deste congresso internacional, que alberga simultaneamente o XVI Congreso de Historia Agraria del SEHA e o VII Encontro Rural RePort. O congresso está aberto à participação de especialistas de qualquer país do mundo, qualquer área disciplinar e qualquer época histórica. Admitem-se três línguas de trabalho: português, espanhol e inglês.

 

Se pretende participar no Congresso Transições na Agricultura e na Sociedade Rural: os Desafios Globais da História Rural, por favor preencha o formulário de inscrição online disponível em Conftool transruralhistory – 2018. Depois de preencher esse formulário receberá um email de confirmação. Por favor certifique-se de que utiliza sempre o mesmo endereço de email em todas as operações relacionadas com o congresso (propostas de painéis, propostas de comunicações, pagamentos, etc.).

 

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS DE COMUNICAÇÃO

A partir deste momento, está aberto o período para apresentação de propostas de comunicação. Serão consideradas as propostas submetidas através do formulário online (disponível em Conftool transruralhistory – 2018) até 30 Setembro 2017.

 

A extensão máxima das propostas (abstract) é de 200 palavras. Por favor, tenha em atenção que deverá indicar em qual das sessões do congresso pretende apresentar a comunicação. A decisão sobre as propostas aceites será divulgada até 31 Outubro 2017.

Nesta fase não é necessário o paper completo. Isso apenas será pedido após a aprovação da proposta, com a apertura de uma nova fase ata Março de 2018 para o efeito.

 

Maiores informações em https://transruralhistorycompostela.wordpress.com/

MAIS EVENTOS



Entre em contato conosco pelo e-mail: abphe1@gmail.com